Blog

Criação de grupo em Belo Horizonte

Há pessoas interessadas em criar um grupo local Ação para Felicidade, em Belo Horizonte (MG), e estão buscando mais interessados para participar. O local exato ainda será definido. Pessoas responsáveis: Renata Livramento e Adilson Luiz.

Se tiver interesse, indo pessoalmente aos encontros, entre no seguinte grupo do Facebook:

Ação para Felicidade – BH

Para saber mais, leia sobre os grupos locais Ação para Felicidade.

Criação de grupo em Florianópolis

Há pessoas interessadas em criar um grupo local Ação para Felicidade, em Florianópolis, SC, e estão buscando mais interessados em participar.

Se tiver interesse em participar, indo pessoalmente aos encontros, poste nos comentários abaixo, ou envie mensagem pelo formulário de contato.

Para saber mais, leia sobre os grupos locais Ação para Felicidade.

Criação de grupo em São Paulo

Estamos formando um grupo local Ação para Felicidade, em São Paulo, SP, e buscamos interessados em participar. Ainda definiremos o local exato. Pessoa responsável: Emersom.

Se tiver interesse em participar, indo pessoalmente aos encontros, entre no grupo do Facebook: Ação para Felicidade – São Paulo. Se tiver dúvidas, poste nos comentários abaixo, ou envie mensagem pelo formulário de contato.

Para saber mais, leia sobre os grupos locais Ação para Felicidade.

Ajude a criar um mundo mais feliz

O movimento Ação para Felicidade (Action For Happiness) no Reino Unido está finalizando uma campanha de arrecadação para poder disponibilizar o curso de oito semanas que desenvolveram em escala global.

dalailama-afhO Dalai Lama, patrono do movimento, ao dar as bençãos durante o lançamento do curso em setembro, deixou a mensagem:

Como patrono da Ação para Felicidade, estou encantado vendo o trabalho sendo feito pelos membros desse movimento para criar uma sociedade mais feliz e compassiva. Eu apóio de todo coração o curso “Explorando o que importa” e espero que muitos milhares de pessoas sejam por ele beneficiados e que se inspirem para que suas próprias ações ajudem a criar um mundo mais feliz.

Caso se interesse em ajudar a tornar isso possível, nos regozijamos todos:

Crowdfunder | What really matters in life? #HappierWorld

Site no ar!

done_318-1737Pronto! O site em português do movimento Ação para Felicidade (Action For Happiness) está no ar!

Está mais como um esqueleto básico, pois nem 10% do conteúdo original está pronto, mas o principal podemos dizer que já está aqui. Ainda tem muito chão para o movimento se firmar no Brasil, mas passo-a-passo vamos chegando lá.

Estamos precisando de pessoas que possam ajudar na tradução do site original como voluntários. Também estamos reunindo interessados para formar o primeiro grupo do movimento no Brasil, em São Paulo.

Interessados entrem em contato aqui pelo site ou pelo Facebook (aproveitem e curtam a página!).

Precisamos de um movimento para promover a ética secular

richard_layardpor Richard Layard, diretor do Wellbeing Programme do Centre for Economic Performace, da London School of Economics, e co-fundador da Ação para Felicidade.

Nada causa mais angústia do que a preocupação excessiva com o eu. Então, em uma era amplamente secular, precisamos desesperadamente de um movimento que promova um modo de vida positivo e ético. Temos professores inspiradores como o Dalai Lama, mas seres humanos frágeis precisam de encontros regulares com pessoas com as mesmas ideias para elevar e inspirar suas vidas diárias. É assim que as igrejas têm atuado — não é fácil conduzir uma vida adequada em isolamento. Quase todos nós precisamos nos encontrar regularmente com os outros para discutir e afirmar nosso compromisso.

É por isso que em 2011, fundamos o movimento Ação para Felicidade, com o Dalai Lama como nosso patrono. Pode parecer um nome estranho para um movimento ético, mas ética não é um tipo de penitência. Se refere a princípios para viver em conjunto que levam a vidas felizes e satisfatórias de maneira generalizada. Para isso, as pessoas precisam entender o que as faz felizes, mas acima de tudo elas precisam de um desejo passional de fazer os outros felizes — um espírito de benevolência incondicional.

As virtudes necessárias aparecem na maioria dos sistemas religiosos e seculares — virtudes como gratidão, resiliência, aceitação, coragem, perdão e, acima de tudo, compaixão. A novidade é que agora temos evidência psicológica científica sobre o que produz vidas que as pessoas consideram satisfatórias e recompensadoras. Com base nisso, selecionamos as “Dez chaves para uma vida mais feliz”, que nossos membros podem utilizar para refletir sobre como devem conduzir suas vidas. Afinal é a isso que a ética se refere: como viver constantemente tendo o mesmo cuidado com as coisas que devemos fazer e com as que não devemos fazer.

Então cada um de nossos membros, ao chegarem, se comprometem a “tentar criar mais felicidade e menos infelicidade no mundo ao redor”. Agora temos 60 mil membros e 350 mil seguidores online. Mas até então nosso movimento tem se baseado amplamente na web. Nós agora planejamos uma direção nova e radical, que o Dalai Lama lança nesta segunda-feira (21/09/2015) em Londres. O objetivo é formar milhares de grupos presenciais pelo mundo.

Normalmente um grupo começa com um curso chamado “Explorar o que importa”. Isso envolve oito sessões, usando uma rica agenda de materiais e vídeos online. Cada sessão começa com as evidências sobre o que faz as pessoas felizes — abordando um aspecto de cada vez, incluindo relações pessoais, trabalho, comunidade, atenção plena e acima de tudo um compromisso passional com o bem-estar alheio.

Cada vez, todos os membros decidem como, nas próximas semanas, eles vão aplicar essa evidência em ação em seu cotidiano — trazendo depois suas experiências nas sessões seguintes. A estrutura do curso pode ser vista no site do movimento. Ele foi avaliado e a reação das pessoas foi amplamente positiva, mas o mais importante foram os efeitos significativos na condição mental e atitudes pró-sociais.

Uma vez estabelecidos, os grupos continuam se encontrando regularmente, por uma hora (como, por exemplo, os Quakers ou Alcoólicos Anônimos) — com seu próprio padrão definido para o encontro, incluindo breve palestra, um período de atenção plena e um período de discussão e compromisso.

O sucesso desses grupos vai depender de líderes vindo à frente e os organizando. Nosso objetivo é tornar isso para eles o mais fácil possível. Embora iremos oferecer alguns cursos para líderes, qualquer um pode propor ser um líder e auto-certificar sua adequação e compromisso em criar um mundo mais feliz.

Hoje, como em qualquer época do passado, as pessoas estão buscando. Elas estão procurando por uma filosofia de vida e uma organização que represente isso. Elas certamente precisam de uma prática espiritual e muitos agora encontram isso na meditação de atenção plena ou técnicas semelhantes. Mas isso é um assunto pessoal.

As pessoas também precisam de um conjunto ético mais amplo que possa ser discutido com os outros. Esperamos que a Ação para Felicidade possa atender essa necessidade, e ajudar a preparar os milhares de pequenos encontros que podem fazer do mundo um lugar melhor.

Publicado originalmente no Huffington Post, em 21/09/2015.